No artigo de hoje, abordaremos uma série de ações que uma empresa precisa seguir para manter um ambiente seguro em todas as suas atividades, e a principal medida para garantir a segurança das pessoas dentro do ambiente de trabalho é a realização das inspeções de segurança.

Preserve a saúde e a segurança

Preservar a saúde e a segurança dos colaboradores deve ser uma prioridade para qualquer organização. Afinal de contas, a integridade física das pessoas não pode ser negociável, e o capital humano é a grande engrenagem que faz com que uma empresa funcione e cresça de forma sustentável e com responsabilidade.

Através das inspeções a empresa pode avaliar previamente e se antecipar as situações de risco, definindo medidas e controles operacionais que possam impedir ou minimizar acidentes.

A realização de uma inspeção de segurança requer cuidado e atenção ao cumprimento dos itens estabelecidos, pois a ausência de verificação pode ter consequências sérias.

Quais os tipos de inspeção?

As necessidades relacionadas às inspeções variam de acordo com as situações e necessidades específicas de cada organização. Abaixo, apresentamos algumas das principais inspeções.

Continue a leitura e entenda a importância de cada uma delas.

Principais tipos de inspeção

Existem inspeções que devem ser realizadas periodicamente, conforme determinação legal, e outras em momentos específicos. seja através de colaboradores próprios da empresa ou agentes externos contratados com esse objetivo.

1. Inspeção geral

A inspeção geral é realizada de forma ampla, em todos os setores da empresa, e deve ser feita com regularidade. Geralmente, essas inspeções contam com a participação de diferentes profissionais, como: operadores, supervisores, técnicos de segurança do trabalho, engenheiros, etc.

2. Inspeção de rotina

A chamada inspeção de rotina é a forma mais comum de inspeção, e é recomendado que seja incorporada no dia a dia dos profissionais da organização.

É a partir de uma inspeção de rotina muitas vezes que é possível identificar situações que podem causar riscos, como pequenos defeitos em equipamentos e verificação da utilização adequada dos equipamentos de proteção individual ou coletivo, entre outros.

Os pequenos descuidos podem ocasionar riscos desnecessários e a inspeção de rotina pode fazer com que a segurança seja tratada como prioridade entre os colaboradores.

3. Inspeção oficial

As inspeções oficiais são aquelas realizadas por órgãos fiscalizadores, como por exemplo,  IBAMA, Vigilância Sanitária, Secretaria Regional do Trabalho, Agência Nacional da Aviação Civil (ANAC), Ministério da Agricultura (MAPA), e inspeções realizadas pelas seguradoras.

Geralmente as inspeções oficiais verificam se as documentações da empresa, atendem os requisitos legais e cumprem os protocolos e exigências contratuais pactuados com terceiros.

4. Inspeção especial

Esse tipo de inspeção é realizada em situações extraordinárias, decorrentes de algum evento, e que exigem uma análise detalhada, realizada por profissionais qualificados e habilitados através equipamentos específicos. Por exemplo, inspeções de caldeiras e vasos de pressão danificados.  

5. Inspeção de máquinas e equipamentos

Muitas vezes negligenciada, a realização de inspeção em máquinas e equipamentos deve ser realizada exaustivamente, com a verificação dos itens básicos necessários para o manuseio e operação, mesmo que o operador tenha anos de experiência.

Aliás, o excesso de confiança acaba sendo prejudicial nesses casos, pois deixa o profissional menos atento às medidas de segurança. Alguns equipamentos são considerados de alto risco, e o trabalho de verificação constante ajuda a evitar ou pelo menos minimizar os riscos de acidentes de trabalho.

6. Melhoria contínua nos processos da organização

Atuar com afinco na prevenção de situações de risco significa ter uma gestão focada na qualidade de todos os processos da organização. As inspeções de segurança possibilitam que a organização trabalhe de maneira alinhada, realizando a análise e controle de todas as ações, contribuindo para que o planejamento das ações e estratégias da organização seja mais assertivo e seguro.

Quanto maior o nível de detalhamento das informações da organização, maiores são as chances para tomadas de decisões assertivas em relação ao direcionamento do negócio.

Nesse sentido, as inspeções de segurança fornecem muitas informação úteis, mas é importante fazer com que essas informações não se percam em meio a tantas listas e formulários preenchidos diariamente.

Uso de Ferramentas para melhorar seus processos

Utilizar uma ferramenta específica para programar suas inspeções, definir os responsáveis por cada tarefa, personalizar o check list para processos, máquinas e equipamentos, e ter esse controle de qualquer lugar, é fundamental para que você tenha uma gestão de excelência.

Com o AuditeFácil fica muito mais fácil reunir tudo o que você precisa, em um só lugar. O aplicativo é intuitivo e tem uma alta flexibilidade para que você possa personalizar suas listas de verificação da forma que mais se adeque ao seu negócio.

Conheça o app e simplifique sua gestão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *